Beeld standaard
Artikels, vertalings en uitgawes

Inleiding

Werk aan navorsing in laboratorium
Werk was sperio. Die voorstel na hom is ernstig. Ek sal nie vir enigiemand sê nie: Haai, vams seks sonder 'n kondoom, ek is vir meer as tien jaar onopspoorbaar. Dit is baie verantwoordelikheid in my hare
A evidência inicial de uma forte ligação entre a virale lading do MIV de um parceiro seropositivo e o risco de transmissão a um parceiro seronegativo veio de estudos observacionais em casais heterossexuais serodiferentes. Evidências de um estudo randomizado sobre o risco de transmissão do HIV no contexto da terapia anti-retroviral viral (ART) em casais heterossexuais foram fornecidas pelo estudo HPTN 052, que relatou uma redução de 96% nas transmissões vinculadas em casais designados para prematuros (imediatos) ART comparado com casais designados para terapia tardia. O acompanhamento continuado em HPTN 052 de 2011 a 2016, após a oferta de TAR de todos os participantes, mostrou durabilidade do efeito da ART; no entanto, apenas 2% dos casais eram homens que fazem sexo com homens (HSH). O uso do preservativo autorrelatado também foi alto; os participantes relataram não usar preservativos para um total de apenas 63 · 4 anos de acompanhamento. Para rever evidências anteriores sobre o efeito da terapia antirretroviral (TAR) sobre o risco de transmissão do HIV, pesquisamos no PubMed artigos publicados em inglês de 1 de janeiro de 2000 a 7 de novembro de 2018 usando o MeSH. termos “infecção pelo HIV” e “transmissão” e “terapia anti-retroviral” ou “ART” e “homens que fazem sexo com homens” ou “gay ou heterossexual” ou “serodiscordante” ou “serodiferente”. Estudos anteriores, incluindo um estudo controlado randomizado e vários estudos observacionais, forneceram estimativas do risco de transmissão do HIV através de relações sexuais no contexto de ARV viralmente supressiva. A maior parte das evidências foi em casais heterossexuais serodiferentes e níveis variáveis ​​de uso de preservativos foram relatados em muitos estudos.

Die PARTNER-studie en die teenoorgestelde lok studie

Algumas evidências sobre o risco de transmissão em homens gays foram fornecidas na primeira fase do estudo PARTNER e no estudo Opposites Attract, mas o acompanhamento nesses estudos não foi suficiente para excluir um limite superior significativo de risco em torno das estimativas do estudo de transmissões zero em homens gays. A segunda fase do estudo PARTNER preenche a lacuna na base de evidências do risco de transmissão do HIV em casais homossexuais serodiferentes em que o parceiro seropositivo para o VIH está a receber ARV supressivamente viral e os preservativos não são utilizados. Ao final do acompanhamento, 15 novas infecções pelo HIV ocorreram durante dois anos de acompanhamento elegíveis, mas nenhuma estava conectada filogeneticamente dentro do casal. Assim, a taxa de transmissão do HIV durante o par de anos elegíveis foi zero, apesar de 76.000 relatos de sexo anal sem preservativo, com um baixo limite superior de 95% CI de 0.23 por 100 pares de anos de acompanhamento. Nossas descobertas fornecem um nível de evidência sobre a supressão viral e o risco de transmissão do HIV através do sexo sem preservativo para homens gays, semelhante ao já relatado para casais heterossexuais.

Implikasies van alle beskikbare bewyse

Vigs is 'n ernstige probleem
Baie naalde soos hierdie is deel van my lewe. Daar is so baie. Kyk, as u my lees en uself wil oortuig dat dit die moeite werd is om 'n verhouding sonder 'n kondoom te hê, omdat onopspoorbaar dieselfde is as nie-oordraagbaar, verstaan ​​dat, afhangende van hoe die departement van gesondheid daarin slaag om die medisyne wat ek en ek nodig het, te bekom voordat u gaan slaap. Soos gister, neem ek vier inspuitings teen stollingsmiddels (neem). Dink. U is nie seker oor u gesondheidstatus op die gebied van genetiese lading nie. Ek het van die moeder se kant af al die hematologiese en vaskulêre probleme wat u kan voorstel geërf, en dus het ek tussen 2005 en 2012 TWEE longembolismes gehad. Dit is iets wat in teorie vererger kan word deur die teenwoordigheid van MIV in my bloedstroom, wat vaskulitis veroorsaak het, wat die voorkoms van pulmonale embolisme vergemaklik het. En tromboflebitis ook. Ek het hierdie getal verloor en ek wonder altyd of ek nie hierdie wêreld sal versmoor in klonte of met 'n beroerte nie, wat veroorsaak word deur die genetiese las, versterk deur die teenwoordigheid van MIV. Is die risiko die moeite werd om te neem? Nie vir my nie!
Os resultados dos estudos PARTNER, além de evidências de outros estudos em casais serodiferentes, indicam que o risco de transmissão do HIV por meio de sexo sem preservativo no contexto de TARV supressiva é efetivamente zero tanto para homens homossexuais quanto para casais heterossexuais. Esses resultados suportam a mensagem U = U (indetectável é igual a não transmissível), além de promover os benefícios do teste e tratamento iniciais. A primeira fase do estudo PARTNER (PARTNER 1) estimou os riscos para diferentes tipos de sexo e em uma população mais ampla. O estudo não relatou nenhuma transmissão vinculada em 888 casais serodiferentes (548 heterossexuais e 340 casais gays) que relataram sexo com penetração de preservativo durante 1.238 pares de anos de acompanhamento, quando o parceiro HIV positivo estava sob TARV supressora viral. PARTNER 1 relatou 439 pares de anos de acompanhamento em casais gays serodiferentes, com zero transmissões relatadas. No entanto, devido ao menor número de pares de anos de acompanhamento acumulado para casais homossexuais do que para casais heterossexuais, o limite superior de 95% CI para a taxa de transmissão para homens gays foi relativamente alto (0 · 84 por 100 pares-anos de acompanhamento), quase o dobro do que para os casais heterossexuais (0,46 por 100 pares-anos de seguimento). Esses resultados equivalem a um limite superior de risco de uma infecção por 119 pares-anos de acompanhamento para casais gays em comparação com uma infecção por 217 pares-anos de acompanhamento para casais heterossexuais e foi discutivelmente insuficiente para fornecer o nível de evidência necessário para apoiar o TARV como uma intervenção de prevenção do HIV totalmente eficaz nos HSH.

Die teenoorgesteldes lok waarnemingsstudie

Jong paartjie spandeer tyd op basketbalbane in die park
Hy is is
Também relatou zero casos de transmissão de HIV em casais HSH durante 232 pares de anos de acompanhamento quando sexo anal sem preservativo foi relatado, o parceiro HIV positivo foi viralmente suprimido e o parceiro HIV negativo não usou profilaxia pré-exposição (PrEP), com um limite de IC 95% superior razoavelmente alto de 1 · 59 por 100 pares-anos de acompanhamento para taxa de transmissão. O objetivo principal da segunda fase do estudo PARTNER (PARTNER2) foi produzir um nível similar de evidência para risco de transmissão através do sexo anal sem preservativo entre homens com ART supressora (definida como carga viral de RNA do HIV-1 <200 cópias por mL) para que gerou para casais heterossexuais em PARTNER 1.

Metodes

Bestudeer ontwerp en deelnemers

O estudo PARTNER foi um estudo multicêntrico observacional de casais serodiferentes que, antes da inscrição, nem sempre usavam preservativos, e em que o parceiro HIV positivo estava em TARV. A fase 1 do estudo recrutou e acompanhou heterossexuais e casais heterossexuais serodifferentes de 15 de setembro de 2010 a 31 de maio de 2014. De 1 de junho de 2014 a 31 de julho de 2017, a segunda fase do estudo recrutou homens gay sorodiferentes apenas casais. Os métodos para o estudo PARTNER e os resultados da primeira fase foram publicados anteriormente. De 15 de setembro de 2010 a 31 de julho de 2017, recrutamos casais masculinos gays e serodiféricos de 75 locais clínicos em 14 países europeus. A equipe da clínica participante perguntou aos pacientes HIV positivos sobre TAR, se eles tivessem feito sexo sem preservativo com um parceiro HIV negativo e se desejassem participar de um estudo de transmissão. Casais serodiferentes (homens seropositivos para o VIH com o seu parceiro masculino VIH negativo) eram elegíveis para participar se ambos os parceiros tivessem 18 anos ou mais; os parceiros relataram ter sexo com penetração um com o outro sem preservativos no mês anterior à inscrição; o parceiro seropositivo deverá permanecer em TARV; os parceiros esperavam ter relações sexuais novamente nos próximos meses; e ambos os parceiros concordaram em participar. Os parceiros assinaram formulários de consentimento informado separados, que incluíam identificação do parceiro pelo nome. O acompanhamento terminou em 30 de abril de 2018. O acompanhamento foi interrompido se a parceria terminasse, o casal se mudasse, ou se um dos parceiros retirasse o consentimento, mas não por mudanças no uso de preservativos ou TARV.

Die protokol

Alle ingeligte toestemmingsvorms en deelnemende inligtingmateriaal is by elke kliniese webwerf ingedien en goedgekeur deur die etiese komitee (IRB) of onafhanklike etiekkomitee (OVK). Etiese goedkeuring is in die land verkry vir alle terreine wat by die studie betrokke was. Daarbenewens is enige veranderinge aan die studieprotokol ingedien en goedgekeur deur elke etiekkomitee van die webwerf (IRB of IEC).

prosedures

Die prosedures van die studie is voorheen beskryf. Os dados foram coletados no início do estudo e depois a cada 4-6 meses durante as visitas de estudo. Informações detalhadas foram obtidas no início e em cada visita de acompanhamento através de questionários auto-preenchidos sobre dados sociodemográficos; adesão autorreferida à TARV; frequência e tipo de atividade sexual entre os parceiros (desde a última visita); sintomas e diagnósticos de outras infecções sexualmente transmissíveis (ISTs); uso de PrEP ou profilaxia pós-exposição (PEP); e uso de drogas injetáveis. Foi perguntado aos parceiros seronegativos se tinham relações sexuais sem preservativo com alguém que não fosse o seu parceiro seropositivo no estudo desde a sua última visita e o estado serológico do HIV de outros parceiros, se conhecido. Para o parceiro seropositivo para o VIH, o regime de TAR, a contagem de células CD4 e a carga de ARN do VIH-1 no plasma actual e recente foram registadas num formulário de relato de caso clínico no início e em cada visita. Foi solicitado ao parceiro seronegativo que testasse o HIV a cada 6–12 meses; um teste combinado de antígeno-anticorpo do HIV foi recomendado para aumentar a sensibilidade diagnóstica na infecção precoce. A carga viral de RNA do HIV-1 no plasma foi medida no parceiro soropositivo de acordo com os cuidados de rotina a cada 6-12 meses, usando o laboratório de diagnóstico local. Os resultados foram incluídos nos formulários de relato de caso e enviados após a visita de cada parceiro pela equipe de estudo ao centro de estudo.

seronegative

Spiraalpille
Die spiraal kan selfs meer wees
As 'n seronegatiewe vennoot MIV-positief geword het, het die MIV-1 paal e env van sequênciasforam verkry vanaf die vennoot van die MIV-1 sero converted RNA verhaal van plasma en sellulêre DNA MIV-positief vennoot in MIV-onderdrukkende 1 viraal verhaal van perifere bloed Mononukleêre selle. As e env sequências polforam geradas pelo sequenciamento Sanger (em um analisador de DNA ABI 3730xl, Thermo Fisher, Warrington, Reino Unido) complementado por sequenciamento profundo de RNA HIV-1 plasmático pela Illumina (em MiSeq, Illumina, Essex, Reino Unido). subconjunto com amostras de plasma disponíveis. Todos os testes de sequenciamento foram realizados na Universidade de Liverpool (Liverpool, Reino Unido). A máxima verossimilhança e inferências de Monte Carlo da cadeia bayesiana de Markov e seu suporte estatístico relevante foram determinados com RAxML-HCP2 ​​versão 8 e MrBayes versão 3.2.6, respectivamente, como descrito anteriormente.

Statistiese analise

statistieke
Hierdie data is slegs illustratief
Die primêre analise was die skatting van die voorkomsskoers van MIV-oordrag deur anale seks sonder kondoom, bereken as die aantal filogeneties gekoppelde MIV-infeksies (dws oordrag van die seropositiewe vennoot aan die studie) wat tydens die in aanmerking komende paartjie voorkom. jare van opvolging gedeel deur pare in aanmerking komjare jare van opvolging. Twee jaar van opvolging was tydperke wat deur MIV-toetse en ooreenstemmende vraelyste oor seksuele gedrag in die MIV-negatiewe vennoot bepaal is. Hierdie paar jaar het in aanmerking gekom vir insluiting in die analise van hierdie studie as paartjies het onbeskermde seks gedurende die tydperk (berig op die einde van die tydperk by die MIV-negatiewe vennoot, of die MIV-positiewe vennoot om die MIV-positiewe vennoot het die vraag nie voltooi) ; PEP of PREP is nie gedurende die tydperk deur die MIV-negatiewe vennoot gerapporteer nie; die mees onlangse viruslas van MIV-1 RNA in die MIV-positiewe vennoot is gemeet in minder as 200 kopieë per mL en in die laaste 12 maande op alle punte gemeet in die tydperk; en opsporing het voor 30 April 2018 (datum van sensuur) plaasgevind.

In hierdie studie kan nie PEP of PrEP gebruik word nie (...)

Pares de anos de acompanhamento podem ser inelegíveis por uma ou mais razões; a escolha da razão primária para a inelegibilidade foi priorizada na seguinte ordem: (1) PEP ou PrEP utilizada; (2) O parceiro seronegativo (ou o parceiro seropositivo se o parceiro seronegativo não respondeu) não referiu sexo sem preservativo; (3) carga viral mais recente do parceiro seropositivo para o VIH mais de 200 cópias por ml; (4) dados sobre comportamento sexual em falta; (5) nenhuma carga viral disponível no ano passado para cada dia no período de tempo; e (6) nenhum teste de HIV do parceiro HIV-negativo no final do período de tempo ou mais tarde no tempo. ICs de 95% de dois lados para a taxa de incidência de transmissão foram calculados usando métodos exatos de Poisson. Os dados perdidos não foram imputados e a análise foi realizada apenas nos dados disponíveis. Os dados foram analisados ​​usando o SAS versão 9.4. Em termos de cálculo do tamanho da amostra, o estudo PARTNER2 foi desenhado para avaliar se o risco de transmissão no contexto de ARV viralmente supressiva estava abaixo de um nível aceitavelmente baixo, definido como uma infecção por 500 anos-pares de seguimento, correspondendo a um limite superior para o IC de 95% bilateral da taxa de transmissão do HIV entre casais de 0 · 2 por 100 pares-anos de seguimento. Na ausência de infecções interligadas, determinamos que precisávamos de 1770 pares-anos de acompanhamento elegíveis para obter um limite superior do IC bilateral de dois lados. Com base nos resultados do PARTNER 1, planejamos recrutar 450 casais com mais de 27 meses no PARTNER2. Assumindo uma taxa de retenção de 85%, isso nos teria permitido acumular 2082 pares-anos de acompanhamento através do PARTNER 1 e do PARTNER2, dos quais 85% foram considerados elegíveis (com base nos resultados intermediários) para a análise primária.

Rol van die finansiering

Die studieleenaars het geen rol in studieontwerp, data-insameling, data-ontleding, data-interpretasie of verslagskrywing gehad nie. Die ooreenstemmende skrywer het volle toegang tot alle studie data gehad en het die finale verantwoordelikheid vir die besluit om in te dien vir publikasie.

Resultate

Entre 15 de setembro de 2010 e 31 de julho de 2017, foram recrutados 972 casais gays (477 casais durante o PARTNER 1). Até o final do acompanhamento em 30 de abril de 2018, um total de 2072 pares de anos de acompanhamento foram acumulados (556 pares-anos de acompanhamento durante o PARTNER 1), com uma taxa de abandono estimada de 25 por 100 pares -anos de follow-up. Razões para abandonar o estudo foram o casal se separar (213 [43%] de 499 casais), um ou ambos os parceiros se afastaram (33 [7%]), o consentimento foi retirado (54 [11%]), o 2
  1. Studie toestemming vir twee jaar het verstryk (21 [4%]), of die egpaar is nie meer in aanmerking nie (tien [2%]).
  2. Die rede vir die verlating van die studie was nie beskikbaar vir 168 (34%) paartjies nie.
  3. 479 pare opvolg jare was nie beskikbaar vir insluiting in die analise vir die volgende redes nie:
  4. Geen seks sonder kondoom is aangemeld nie (153 [32%] van 479 parejare van opvolg);
  5. gebruik van PEP of PrEP (115 [24%]);
  6. MIV-virusladingdata nie beskikbaar nie (86 [18%]);
  7. gebrek aan data oor die vraag of seks sonder kondoom aangemeld is (91 [19%]);
  8. viruslading in MIV-positiewe vennoot oor 200 kopieë per ml (19 [4%]);
  9. of geen MIV-toetsing beskikbaar by die MIV-negatiewe vennoot (15 [3%]).
1593 (77%) pares de anos de acompanhamento foram elegíveis e contribuíram por 782 casais, com 439 pares-anos de acompanhamento contribuídos por 340 casais durante o PARTNER 1. Salvo indicação em contrário, os seguintes resultados concentram-se nos 782 casais que forneceram dois anos de acompanhamento elegíveis. A mediana de anos de acompanhamento elegíveis por casal foi de 2 · 0 anos (IQR 1 · 1–3 · 5). 1523 (96%) dos pares-anos elegíveis de seguimento foram durante os períodos em que a medida mais recente do RNA do HIV-1 no plasma no parceiro seropositivo para o VIH foi inferior a 50 cópias por ml; os 70 restantes (4%) foram em períodos em que a medida mais recente foi entre 50 e 200 cópias por mL. As características básicas dos participantes que contribuíram para o par de anos de acompanhamento elegíveis são mostradas em 1 tafel. A idade mediana foi de 38 anos (IQR 31-45) em participantes HIV-negativos e 40 anos (33-46) em parceiros HIV-positivos. Três homens trans foram incluídos, um HIV negativo e dois HIV positivos. 19 (2%) dos 782 seropositivos e 33 (4%) dos 782 homens seronegativos relataram que eram bissexuais. Homens HIV-negativos relataram ter sexo sem preservativo com seus parceiros HIV-positivos por uma mediana de 1 · 0 anos (IQR 0 · 4–2 · 9) antes da inclusão no estudo.
Voer u e-posadres in, sodat ons met u kan voortgaan.
% MCEPASTEBIN%

Verwante publikasies

Hi! U opinie is altyd van belang. iets te sê het? Dit is hier! Enige vrae? Ons kan hier begin!

Hierdie webwerf gebruik Akismet om spam te verminder. Leer hoe jou terugvoerdata verwerk is.

Soropositivo.Org, Wordpress.com en Automattic doen alles binne ons bereik met betrekking tot u privaatheid. U kan meer leer oor hierdie beleid in hierdie skakel Ek aanvaar die privaatheidsbeleid van Soropositivo.Org Lees alles in privaatheidsbeleid

Deel bladsy

Naby